HISTÓRIAS DE SEM RÉIS – Alfenim na Praça

HISTÓRIA DE SEM RÉIS

HISTÓRIA DE SEM RÉIS

Coletivo de Teatro Alfenim leva às ruas Histórias de Sem Réis, um experimento em progresso.
 
Histórias de Sem Réis é uma intervenção urbana inspirada em relatos de frequentadores do histórico Ponto de Cem Réis, espécie de enclave da memória política e simbólica da cidade de João Pessoa. O projeto foi contemplado com o FMC – Fundo Municipal de Cultura de 2009.
Trata-se de um experimento em progresso cuja dramaturgia se completa a partir do encontro que o Coletivo de Teatro Alfenim promove com os passantes da rua, convidados a relatar episódios marcantes de sua história pessoal.
As narrativas são “negociadas” pelo Grupo em um arremedo de leilão público cujo lance máximo não ultrapassa R$ 5,00. Reelaboradas na forma de números cênicos, essas histórias são incorporadas ao roteiro original para posteriores intervenções. Esses depoimentos capturados em vídeo serão transformados em documentário.
O episódio que serve de base para Histórias de Sem Réis é recolhido das páginas dos jornais paraibanos. Refere-se à greve de policiais ocorrida no Estado da Paraíba em 2008, ocasião em que a Polícia Civil e a Polícia Militar se mobilizaram para exigir reajuste salarial.
Histórias de Sem Réis se inspira na cultura das ruas, para cantar e narrar à contraditória e emblemática condição de João Sem Réis, “o incorruptível”, aquele que “não queria ser um Homem Comum”. O policial se vê obrigado a decidir entre a inescrupulosa obediência a seu superior e a inoperante obediência à Lei.
Para criar o universo ficcional de Histórias de Sem Réis, o Coletivo de Teatro Alfenim foi ao Ponto de Cem Réis observar o modo como se estabelecem as relações de convivência entre seus frequentadores. E compreender como se operam as negociações para a precária ocupação do espaço público. Dessas observações surgiram as imagens que compõem a dramaturgia do experimento.
Sem a pretensão de apresentar na rua um espetáculo teatral fechado, o Coletivo de Teatro Alfenim propõe com Histórias de Sem Réis uma perspectiva ética e crítica de intervenção urbana nos espaços de convivência da cidade.
 
 
Esta é uma iniciativa do Coletivo de Teatro Alfenim e tem o patrocínio do FMC – Fundo Municipal de Cultura – Funjope

Apenas um comentário deixado Veja o comentários

  1. Anonymous /

    otimo fui conferir e adorei, porem a prefeitura poderia ajudar mais no incentivo, na divulgação, e no local uma organização, pois apesar de ser local aberto ha necessidade de organização da população, pois infelismente os viciados, bebados e etc….afastam muitas das vezes a população.

Deixe uma resposta

Responda para enviar * Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

                 
%d blogueiros gostam disto: