• COLETIVO ALFENIM ABRE INSCRIÇÕES PARA OFICINA GRATUITA

    Minha vida de menina

    O Coletivo Alfenim inicia processo de estudos para a montagem do espetáculo “Meninas”, livremente inspirado no livro “Minha vida de menina”, de Helena Morley. O livro reúne os diários escritos pela autora durante sua adolescência, dos treze aos quinze anos, na cidade de Diamantina (MG), em fins do século XIX. A oficina para atores visa produzir material cênico e dramatúrgico que servirá de base para a nova montagem do Alfenim, com estreia prevista para o segundo semestre de 2017. Através de improvisações com fragmentos do diário de Helena Morley, e com relatos das reminiscências de infância e adolescência dos participantes, a oficina objetiva construir um experimento cênico aberto ao público ao final do processo. Os atores interessados devem enviar breve currículo e pelo menos três relatos sobre sua infância e adolescência para o endereço teatroalfenim@gmail.com

    O primeiro relato deve ter como personagem preferencial os avós do participante. O segundo relato deve centrar-se na figura do pai, mãe, tios ou parentes próximos do participante. O terceiro relato deve centrar-se na experiência do próprio participante. As inscrições estarão abertas no período de 23 de maio a 04 de junho de 2017. Os selecionados serão informados por e-mail no dia 10 de junho. A oficina acontece no período de 12 a 16 de junho, das 14:00 às 18:00, na Casa Amarela, sede do Coletivo Alfenim.

    SERVIÇO
    Oficina gratuita para a montagem do espetáculo “Meninas”.
    Inscrições: 23 de maio a 04 de junho de 2017
    Resultado: 10 de junho de 2017
    Local da oficina: Casa Amarela. Rua Amaro Coutinho, 163, Varadouro. Rua paralela à Av. B. Rohan (sentido integração)
    Data: 12 a 16 de junho de 2017
    Horário: 14 às 18 h
    Informações: (83) 9 9624-8498

  • COLETIVO ALFENIM E BANDA BALUARTE PREPARAM LANÇAMENTO DO CD “CANÇÕES DE CENA”.

    crianças dançando

    De volta a João Pessoa, depois de participar do Festival Brasileiro de Teatro – Cena Paraibana, nas cidades de Fortaleza e Maceió, e de cumprir temporada nas cidades de Aracaju, Salvador e também Maceió com o espetáculo “Memórias de um cão”, pelo projeto “Figurações Brasileiras”, que tem o patrocínio da Petrobras, o Coletivo Alfenim retoma os ensaios para a gravação de seu primeiro CD, “Canções de Cena”, em parceria com a Banda Baluarte.

    O projeto tem patrocínio do FMC – Fundo Municipal de Cultura de João Pessoa e prevê o registro das canções dos espetáculos “Quebra-Quilos”, “Milagre Brasileiro” e “O Deus da Fortuna”, bem como da intervenção de rua “Histórias de Sem Réis”.

    A parceria com a Banda Baluarte visa integrar num mesmo projeto cênico-musical a experiência de trabalho colaborativo dos dois coletivos paraibanos, interessados na pesquisa e assimilação crítica das matrizes melódicas e cancionais brasileiras, de forma a arriscar novas e produtivas leituras da realidade social brasileira a partir de uma das mais ricas tradições musicais do continente americano. [Leia mais…]

  • A ATUALIDADE DE MACHADO DE ASSIS

    machado-de-assis-dDp-3

    Com patrocínio da Petrobras, o Coletivo de Teatro Alfenim realiza o seminário A Atualidade de Machado de Assis nos dias 04, 05 e 06 de junho na sala Cinema Aruanda do Centro de Comunicação Turismo e Artes da UFPB com o apoio do Departamento de Artes Cênicas. O seminário sobre a obra de Machado de Assis marca o início da segunda fase do projeto Figurações Brasileiras.
    Nesta etapa do projeto, o Coletivo Alfenim dedica-se ao estudo da obra de Machado de Assis, visando à montagem de novo espetáculo, cujo nome provisório é Memórias de um Cão.
    José Antonio Pasta, um dos mais influentes críticos literários do país, autor do livro Trabalho de Brecht – Breve Introdução ao Estudo de uma Classicidade Contemporânea, faz a abertura do seminário com a conferência A experiência brasileira na obra de Machado de Assis.
    As demais mesas serão compostas respectivamente por Sérgio de Carvalho, dramaturgo e diretor da Companhia do Latão, de São Paulo, e Romero Venâncio, professor da Universidade Federal de Sergipe; e por Ivan Barbosa, professor da Universidade Federal da Paraíba e Luciano Oliveira, professor da Universidade Federal de Pernambuco. [Leia mais…]

  • OFICINA DE COMPOSIÇÃO MUSICAL E SHOW “NA CACHOLA”

     

    Em oficina ministrada por músicos de São Paulo, Coletivo Alfenim compõe canções para o espetáculo Memórias de um Cão.

    O Projeto Figurações Brasileiras, com da Petrobras, inicia sua segunda etapa com uma oficina de composição musical, ministrada pelos músicos Walter Garcia e Marília Calderón.A oficina acontece na Casa Amarela, sede do Coletivo, de 15 a 17 de maio, e é direcionada ao processo de montagem do espetáculo Memórias de um Cão.  Os compositores trabalham com o Coletivo a partir de fragmentos da obra Machado de Assis, com vista à composição de melodias e canções que poderão ser utilizados na nova montagem.

    Walter Garcia é violonista e professor do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP. É autor dos livros Bim Bom e Melancolias, mercadorias, e organizador do livro João Gilberto. Tem composições gravadas por Juçara Marçal, Vésper Vocal, Ana Lee e Ney Mesquita, entre outros. No teatro, foi diretor musical da Companhia do Latão e da Companhia do Feijão. Marília Calderón é compositora, cantora e atriz. Integrante da banda Teko Porã. Trabalhou por três anos na Companhia de Teatro Articularte, atuando em diversos espetáculos inspirados na cultura tradicional brasileira.

    Além da oficina, que será fechada para os integrantes do Coletivo, os músicos apresentam o show gratuito Na cachola, na Fundação Casa de Cultura Companhia da Terra, no sábado, dia 17 de maio, às 20h00. O Projeto Na cachola é o desdobramento de uma pesquisa teórico-prática, iniciada em 2011, sobre a canção popular brasileira e suas relações com a sociedade contemporânea. São composições que formam um painel da grande cidade. À semelhança de crônicas, as canções autorias se questionam sobre o lirismo que pode haver, no dia a dia, entre pessoas e coisas que passam, muitas vezes, rápidas demais.

     

    https://www.youtube.com/watch?v=1ZCDOgfp_AY

    SITE_cachola-300x198SERVIÇO:

    “NA CACHOLA” – Show com Walter Garcia e Marília Calderón

    FUNDAÇÃO CASA DE CULTURA COMPANHIA DA TERRA

    Rua Antenor Navarro, 15 – Varadouro.

    DIA 17 DE MAIO ÀS 20H/ENTRADA FRANCA

  • COLETIVO ALFENIM ABRE SEMINÁRIO – A ATUALIDADE DE MACHADO DE ASSIS – COM ALEXANDRE FLORY

    Caricatura do jovem Machado de Assis no O Globo, 1876, esculpindo o busto de uma mulher, em alusão à Helena, publicada em folhetim neste jornal.

    Caricatura do jovem Machado de Assis no O Globo, 1876, esculpindo o busto de uma mulher, em alusão à Helena, publicada em folhetim neste jornal.

    O Coletivo de Teatro Alfenim recebe nesta quarta-feira, dia 07 de maio, em sua sede, a Casa Amarela, o professor e pesquisador Alexandre Flory, da Universidade Estadual de Maringá (UEM). O encontro abre o seminário A atualidade de Machado de Assis, que acontece no período de maio a junho de 2014 e tem o apoio do FIC – Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos (2012).

    O evento marca o início do processo de estudos da obra de Machado de Assis, sobretudo dos romances “Quincas Borba” e “Memórias póstumas de Brás Cubas”, para a construção da nova montagem do Coletivo, cujo título provisório é “Memórias de um Cão”. O seminário e a montagem são parte do Projeto Figurações Brasileiras, com patrocínio da Petrobras.

    Alexandre Flory atua principalmente com crítica imanente da obra de arte, relação entre literatura e sociedade e literatura comparada (brasileira e alemã), além de teoria e história do teatro e teatro épico no Brasil. Em sua palestra, irá propor uma leitura dos romances da fase inicial de Machado a partir do entendimento das teses de Walter Benjamin sobre o conceito de História.  [Leia mais…]

  • ALFENIM INICIA PROCESSO DE PESQUISA E CIRCULA PELO PALCO GIRATÓRIO

     

    DeusDaFortuna-059Acontece em Fortaleza, no dia 25 de abril, no Teatro SESC Emiliano Queiroz, a estreia de O Deus da Fortuna, do Coletivo Alfenim, pelo Palco Giratório, projeto de circulação patrocinado pelo SESC. A programação reúne espetáculos de teatro e dança que se destacaram em 2013.

    O Deus da Fortuna circula por 24 cidades do Brasil, entre abril e novembro de 2014. Além das apresentações do espetáculo, o Coletivo realiza oficinas, intercâmbio com grupos locais e participa do Pensamento Giratório, ação formativa que busca promover o debate entre as diversas tendências do teatro contemporâneo.

    Em paralelo à programação do Palco Giratório, o Coletivo inicia a segunda etapa do Projeto Figurações Brasileiras, que tem o patrocínio da Petrobras. Após a apresentação em João Pessoa de seu repertório, composto pelos espetáculos Brevidades, O Deus da Fortuna, Milagre Brasileiro e Quebra-Quilos, em cartaz de setembro de 2013 a março de 2014, o Alfenim inicia o processo de estudos da obra de Machado de Assis para a montagem de seu novo espetáculo Memórias de um Cão.

    A Casa Amarela, sede do Alfenim, recebe em maio a visita de Alexandre Flory, professor do Departamento de Teatro da Universidade Estadual de Maringá. Em sua palestra, o pesquisador empreende uma leitura dos primeiros romances de Machado de Assis a partir das teses sobre conceito de História de Walter Benjamin. O evento marca o início do Seminário A atualidade de Machado de Assis, série de encontros com estudiosos da obra de Autor de Quincas Borba, cujo objetivo é subsidiar teoricamente o processo de escrita do espetáculo Memórias de um Cão.   

    Ainda em maio, o Coletivo Alfenim participa de oficina de capacitação com o músico e pesquisador Walter Garcia, professor da área temática de Música da Universidade de São Paulo e editor da Revista do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB). A oficina visa à criação de partituras sonoras e canções a partir de fragmentos da obra de Machado de Assis. O músico realiza no dia 10/05 show-demonstração de sua pesquisa, na Fundação Casa de Cultura Companhia da Terra, com entrada franca.

  • LISTA DOS SELECIONADOS PARA A OFICINA “JOGOS E CENAS”

    Nesta segunda-feira, dia 24.03, o Alfenim inicia a oficina Jogos & Cenas na nova sede do coletivo, Casa Amarela, localizada no centro de João PessoaA oficina faz parte do projeto Ações Formativas do Coletivo de Teatro Alfenim, contemplado pelo FIC Augusto dos Anjos. Seguem  a lista de selecionados para a oficina e o mapa para chegar na sede.

    Lista de Seleção:

    Aelson Felinto
    Ainara Barbosa
    Ana Bandeira
    Ana Paula
    Arthur Marinho
    Chavannes Péclat
    Cris Almeida
    Débora Gil Pantaleão
    Doca Russo
    Fernando Souza
    Gustavo Seabra
    Malu Barbosa
    Mariam Carvalho
    Mariana Petite
    Natan Cavalcante
    Railson Almeida
    Rayssa Melo
    Ramon Benício
    Sebastião Filho
    Thaisa Mota
    Victor Hugo

    SERVIÇO

    OFICINA JOGOS & CENAS – COLETIVO ALFENIM
    Local: Casa Amarela – Rua Amaro Coutinho, 163,Centro.
    Horário: 08:00 às 13:00 H
    Período: 24 a 29 de março, exceto dia 27 de março.
    Contato: (83) 9657.0277

    Casa Amarela

  • OFICINA DE JOGOS E CENAS

    flyer.FIC

    AÇÕES FORMATIVAS DO COLETIVO DE TEATRO ALFENIM

    Oficina gratuita: Jogos e Cenas

    FIC – Augusto dos Anjos/2012

    O Coletivo de Teatro Alfenim, atualmente patrocinado pela Petrobrás, abre inscrições para a oficina Jogos e Cenas, que integra o projeto AÇÕES FORMATIVAS, vencedor do FIC – Augusto dos Anjos/2012.

    Direcionada a atores, estudantes de teatro e demais interessados, a oficina é gratuita e propõe exercícios e jogos introdutórios que enfatizam os princípios básicos da criação de cenas dialéticas desenvolvidas colaborativamente.

    Com carga horária de 25 horas/aula, a oficina acontecerá na semana de 24 a 28 de março, das 08:00 às 13:00h, e inaugura as atividades da nova sede do grupo, Casa Amarela, localizada no Varadouro.

    Serão oferecidas 20 vagas e os interessados deverão enviar carta de interesse para o endereço: alfenim@coletivoalfenim.com.br até o dia 20 de março. A lista dos selecionados será divulgada no site www.coletivoalfenim.com.br/blog no dia 22 de março.

     SERVIÇO

    PERÍODO: De 24 a 28 de março de 2014

    HORÁRIO: 08h00 às 13h00

    LOCAL: Casa Amarela – Rua Amaro Coutinho, 163, Varadouro

    INSCRIÇÕES: alfenim@coletivoalfenim.com.br

    INFORMAÇÕES: (83) 9657-0277 / (83) 8810-6166

  • ALFENIM ENCERRA 2013 COM “MILAGRE BRASILEIRO”

    banner-milagrebrasileiro

    Após o encerramento neste sábado, 21 de dezembro, da temporada de Milagre Brasileiro, o Coletivo Alfenim entra em recesso até janeiro de 2014.

    No início do próximo ano serão retomados os ensaios para a reestreia em fevereiro de Quebra-Quilos, espetáculo que fecha a programação do Repertório do Coletivo Alfenim, como parte do Projeto de manutenção Figurações Brasileiras, com patrocínio da Petrobras.

    Quebra-Quilos, de 2007, é o espetáculo que marca a fundação do Coletivo. Aborda a revolta popular que incendiou o sertão da Paraíba em fins do século XIX, quando da implantação do sistema métrico decimal no país.

    Insatisfeitos com a truculência das forças imperiais, que impunham com violência a utilização dos novos pesos e medidas, e sufocados pelo constante aumento de impostos, os quebra-quilos, camponeses que comerciavam o produto de suas lavouras nas feiras locais, insurgiram-se contra o governo imperial, dando origem a uma das primeiras revoltas eminentemente populares ocorridas no Brasil.

    A remontagem de Quebra-Quilos acontece num momento em que ainda ecoam pelas ruas do país os gritos de protesto de junho de 2013.  A  exemplo do que ocorreu naquela remota década de 1874, também hoje as forças da ordem querem calar com balas de borracha e bombas de efeito moral – as baionetas dos dias que correm -, o legítimo protesto de quem se vê alijado do processo produtivo, ao mesmo tempo em que é submetido às humilhantes formas de desassistência e negligência do Poder Público, associado aos interesses do capital.

    A temporada de Quebra-Quilos encerra a primeira fase do Projeto Figurações Brasileiras. A partir de março de 2014, o Coletivo inicia os estudos da obra de Machado de Assis, para a criação de seu novo espetáculo, que tem o título provisório de Memórias de Um Cão.

    O Coletivo Alfenim aproveita para agradecer imensamente ao público que nos acompanhou durante toda a temporada do Repertório, e a nossos parceiros e colaboradores sempre criticamente presentes em nossa trajetória. A todos, os sinceros votos de um 2014 repleto de boas lutas.

     

     

  • FIGURAÇÕES BRASILEIRAS

    Print

    Formação, pesquisa e repertório do Coletivo Alfenim

    Com patrocínio da Petrobras, o Coletivo de Teatro Alfenim inicia em agosto de 2013, na Fundação Casa de Cultura Companhia da Terra, em João Pessoa, a primeira etapa de Figurações Brasileiras, com temporada gratuita de seus quatro primeiros espetáculos: Brevidades, O Deus da Fortuna, Milagre Brasileiro e Quebra-Quilos. [Leia mais…]

                 
%d blogueiros gostam disto: